quarta-feira, 29 de março de 2006

Pedido

Aconteceram muitas coisas no últimos dias e tudo me fez pensar, penso que posso estar errado sobre coisas que escrevi aqui e em outros lugares, ou talvez outros estejam errados, não tenho essa resposta e não quero que ninguém a responda para mim, prefiro buscá-la por mim mesmo. É fato que as pessoas não me compreendem completamente, também não o podem assim como não posso compreendê-las por completo. Por fim só posso assumir que me arrependo de ter me intrometido em questões que não me concernem e que mesmo o fazendo eu deveria resolver minhas próprias questões antes. Já escrevi tudo o que precisava escrever, agora só peço que não façam desse blog local para essas discussões, quero trazer devolta sua idéia original, que era de mostrar meus poemas, se alguém quiser discutí-los ótimo, mas senão me deixem para que eu possa me resolver, sou um quebra-cabeças por demais complexo para mim mesmo. Só para manter minha palavra eis mais um poema:

Silêncio da noite (2004)

Á noite tudo é silêncio
Silêncio que me acalma
Todo som me perturba
Só o silêncio me acalma
O som me traz lembranças
Lembranças da minha vida
Quando não era minha.

2 comentários:

siworld disse...

Bonitos poemas...continua a procurar esse caminho com sensibilidade...nunca duvides da tua força...o bem é mais forte que o mal!!!!! Salvé!

siworld disse...

a propósito...se gostas dos Beatles,tens de ser boa pessoa!!! lollll